-

Mourão participará da abertura do plantio de milho safrinha 2019

Nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, ocorre um importantíssimo evento em Sorriso, no Mato Grosso, a capital dos grãos do Brasil. Ocorrerá o marco simbólico da abertura do plantio de milho Safrinha 2019 e o encerramento da colheita da safra de soja (2018/19). O evento será na fazenda do Sr. Valdir Daroit, às margens da BR…

14 de fevereiro de 2019 às 11h06

Nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, ocorre um importantíssimo evento em Sorriso, no Mato Grosso, a capital dos grãos do Brasil. Ocorrerá o marco simbólico da abertura do plantio de milho Safrinha 2019 e o encerramento da colheita da safra de soja (2018/19).

Foto: Divulgação Bayer / DINO

O evento será na fazenda do Sr. Valdir Daroit, às margens da BR 163, ao lado do Silo da Cargill.

Mato Grosso se transformou no maior estado produtor de grãos, milho e soja preponderantemente, e também carne bovina.

Atualmente está crescendo na integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF), com o ótimo trabalho de pesquisas e estímulo da unidade da Embrapa Agrossilvipastoril, localizada em Sinop.

O Vice-Presidente do Brasil, Antônio Hamilton Martins Mourão (General Mourão), tem presença confirmada, além de outras autoridades do governo que estão convidadas.

Um dos insumos vitais para o milho, que pode atingir mais de 15 mil kg por ha de produtividade, e é chamado do aço da agricultura, numa analogia com a importância do aço para a indústria, entra em diversas utilizações.

Mas são as sementes, o insumo diferenciador do milho, para que os produtores possam colher o máximo do seu potencial genético.

Vale destacar a presença de empresas brasileiras de sementes, sementeiros do país, que preservam esse capital genético dentro do ambiente brasileiro. Aprendemos a produzir nos trópicos, e as nossas sementes têm sido vitais para o êxito do agronegócio.

Conversei com Igor Reis, representante do departamento de estratégia e relações públicas da empresa Sempre Sementes, empresa brasileira de sementes e promotora desse grande encontro pelo plantio do milho em Sorriso. Eles esperam mais de 2 mil pessoas. Disse também que Sorriso foi escolhido pela sua fama e reconhecimento como maior produtor do Brasil.

Ótimo momento para levar Brasília até o coração dos grãos. Os produtores do Mato Grosso estão apavorados com as ideias de aumento de impostos no estado, além de outras medidas que aumentam os custos e a viabilidade dos produtos brasileiros no mundo.

Não há segmento mais liberal no país do que o próprio agronegócio. Não é dele que mais impostos ou taxações devem surgir. Da mesma forma, esqueçam a ideia de exportarmos impostos e custos nacionais.

 

Leia mais: 

-

Mourão participará da abertura do plantio de milho safrinha 2019

Nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, ocorre um importantíssimo evento em Sorriso, no Mato Grosso, a capital dos grãos do Brasil. Ocorrerá o marco simbólico da abertura do plantio de milho Safrinha 2019 e o encerramento da colheita da safra de soja (2018/19). O evento será na fazenda do Sr. Valdir Daroit, às margens da BR…

14 de fevereiro de 2019 às 11h06

Nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, ocorre um importantíssimo evento em Sorriso, no Mato Grosso, a capital dos grãos do Brasil. Ocorrerá o marco simbólico da abertura do plantio de milho Safrinha 2019 e o encerramento da colheita da safra de soja (2018/19).

Foto: Divulgação Bayer / DINO

O evento será na fazenda do Sr. Valdir Daroit, às margens da BR 163, ao lado do Silo da Cargill.

Mato Grosso se transformou no maior estado produtor de grãos, milho e soja preponderantemente, e também carne bovina.

Atualmente está crescendo na integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF), com o ótimo trabalho de pesquisas e estímulo da unidade da Embrapa Agrossilvipastoril, localizada em Sinop.

O Vice-Presidente do Brasil, Antônio Hamilton Martins Mourão (General Mourão), tem presença confirmada, além de outras autoridades do governo que estão convidadas.

Um dos insumos vitais para o milho, que pode atingir mais de 15 mil kg por ha de produtividade, e é chamado do aço da agricultura, numa analogia com a importância do aço para a indústria, entra em diversas utilizações.

Mas são as sementes, o insumo diferenciador do milho, para que os produtores possam colher o máximo do seu potencial genético.

Vale destacar a presença de empresas brasileiras de sementes, sementeiros do país, que preservam esse capital genético dentro do ambiente brasileiro. Aprendemos a produzir nos trópicos, e as nossas sementes têm sido vitais para o êxito do agronegócio.

Conversei com Igor Reis, representante do departamento de estratégia e relações públicas da empresa Sempre Sementes, empresa brasileira de sementes e promotora desse grande encontro pelo plantio do milho em Sorriso. Eles esperam mais de 2 mil pessoas. Disse também que Sorriso foi escolhido pela sua fama e reconhecimento como maior produtor do Brasil.

Ótimo momento para levar Brasília até o coração dos grãos. Os produtores do Mato Grosso estão apavorados com as ideias de aumento de impostos no estado, além de outras medidas que aumentam os custos e a viabilidade dos produtos brasileiros no mundo.

Não há segmento mais liberal no país do que o próprio agronegócio. Não é dele que mais impostos ou taxações devem surgir. Da mesma forma, esqueçam a ideia de exportarmos impostos e custos nacionais.

 

Leia mais: