Açúcar e etanol: qual preço esperar para a entressafra janeiro-março

Açúcar cristal – Centro Sul: 

Cotações relativamente baixas foram atingidas neste inicio de ano no mercado de futuros de NY. Desta forma, os preços do açúcar em São Paulo, conforme o índice semanal JOB Economia, alcançaram R$ 64,30 a saca de 50kg posto usina e  mostraram queda de 2,2%, quando comparados com o final do ano passado. Ou seja, boas oportunidades de compras ocorreram no inicio deste ano.  

Existem Estados, caso de MG em particular, que estão com reduzida oferta de produto e aproveitaram-se desta situação de preços baixos para se abastecer. Já Goiás, que apresenta uma situação mais “confortável” de estoques vê na região Norte-Nordeste um bom potencial de vendas, diante da alta de preços do Nordeste. 

Açúcar cristal – Norte/Nordeste: 

Os preços do açúcar na região Norte-Nordeste (NNE) vêm apresentando alta após um longo período de estagnação. As razões que justificam esta esperada alta de preços encontram-se na arbitragem de preços com o Centro-Sul (CSul), favorável ao NNE, e  na maior concentração do lado da oferta na região nordestina. A proximidade do final da safra na região também contribui para esta situação de preços. 

É importante destacar que o NNE tem cerca de 45% do consumo regional de açúcar abastecido pelo Centro-Sul.  No caso do etanol, este número é de 23%. Dai a importância da arbitragem de preços entre CSUL e NNE.  

Na semana passada, os preços na região NE oscilaram em torno de R$ 73,30/saca 50kg posto usina.  

Etanol – Centro/Sul: 

Pressão de oferta, neste inicio de ano, por parte do vendedor, aliada à uma situação de estoques relativamente “confortáveis”, por parte dos compradores, acarretaram em uma situação de preços em queda. Por outro lado, temos de considerar que a competitividade do etanol quando comparada com a gasolina ainda é favorável ao etanol, o que estimula compras.  

O preço do etanol hidratado que abastece a frota flex alcançou R$ 2,00/litro posto destilaria, conforme o índice semanal JOB Economia. O preço líquido de impostos foi de R$ 1,65/litro posto destilaria. 

Etanol – Norte/Nordeste: 

A arbitragem de preços com CSUL é favorável ao NNE. Além disso, a demanda por etanol hidratado segue firme na região e dá suporte à alta de preços.  

No caso do etanol anidro, apesar do produto importado que está chegando, os produtores mantém preços em níveis elevados, com restrição de oferta.  

De forma geral, os estoques de etanol na região são relativamente reduzidos, considerando a demanda e o término da safra que se aproxima.  

O preço do etanol hidratado alcançou R$ 1,73 /litro posto destilaria e líquido de impostos. 

Entressafra  para o CSUL

A safra do CSUL está praticamente encerrada e foi produzido mais açúcar e etanol do que o previsto. Isto significa que é maior a disponibilidade de produtos para abastecer o mercado interno e portanto a pressão de alta sobre os preços na entressafra diminuiu.  

Desta forma, considerando um clima normal durante o verão, é razoável esperar preços de açúcar e etanol na entressafra relativamente estáveis em comparação com os níveis atuais. Algumas oscilações de preços pontuais devem ser admitidas, levando em conta movimentos dos mercados decorrentes de expectativas pontuais.   

Os preços referidos neste post foram obtidos de nossa pesquisa semanal realizada desde 1995. 

 

Julio Maria M. Borges

Sócio-Diretor da JOB Economia e Planejamento.

Email: julioborges@jobeconomia.com.br

Site: www.jobeconomia.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *