Lula usa cela como comitê eleitoral da própria campanha

Depois de cinco dias, a Marcha Nacional Lula Livre, promovida pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), chegou à Brasília nesta quarta-feira, dia 15.  Essa foi, sem dúvida, uma grande manobra do Partido dos Trabalhadores (PT) para chamar a atenção para a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que continua a comandar essa campanha eleitoral do interior de sua cela em Curitiba.

Meus amigos, o que o PT e o Lula estão fazendo é uma afronta ao povo brasileiro. Não é por acaso que a Operação Lava Jato já está de olho nas articulações do petista do interior da Polícia Federal e a informação que tenho é de que os procuradores federais pedem que não sejam mais autorizadas visitas da presidente do PT e senadora Gleisi Hoffman, já que ela foi incluída na equipe de advogados do ex-presidente, o que lhe permite visitas a qualquer momento.

É por esse motivo que eu fico revoltado. Afinal, o Brasil é o único país que tem um presidiário à Presidência da República. Ele e o partido desafiam a população brasileira e a justiça, taxando a todos como idiotas.


Manifestação do MST

Quero saber se essas pessoas que estavam em Brasília em plena quarta-feira, dia útil, estão ganhando para participar desta movimentação.

Isso é uma afronta, pois pode funcionar com uma propaganda eleitoral antecipada para o Fernando Haddad, já que todos sabem que o Lula não poderá ser candidato.

Essa manobra toda promovida pelo PT é a gota d’água para o nosso país, pois esse fato diz ao mundo o quanto a nossa democracia é frágil. Nosso povo não deveria se sujeitar a esse tipo de coisa.

Eu acredito que tudo isso seja um vexame internacional e pode influenciar na decisão de investidores, que podem fugir do Brasil e prejudicar ainda mais a nossa economia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *