Fim de ano: época para definir os ginetes de 2019

Na última semana falei da importância deste período do ano no trato do manejo reprodutivo dos animais atletas. Credenciar agora, ainda este ano, proporciona a possibilidade de o garanhão ou a égua terem o tempo adequado de serem utilizados na época de monta, sem prejudicar o planejamento de preparação e treinamento para as classificatórias de 2019.
Estas semanas que antecedem a virada do ano, também servem para a definição dos ginetes que terão a missão de representar as cabanhas na próxima temporada.

Daniel Teixeira e Guto Freire venceram o Freio em 2018

Alguns criatórios deverão manter os animais nos atuais centros de treinamento e outros poderão até mudar de cavaleiro. Acontece ainda de o criador promover a substituição de seu ginete exclusivo.
Tudo faz parte da estratégia a ser adotada conforme as pretensões do competidor. Muitas vezes as características apresentadas pelo animal são decisivas na escolha do perfil de ginete.
O casamento precisa ser perfeito. Não adianta ter uma Mercedes se Lewis Hamilton não for o piloto.

Por Sandro Fávero