-

Freio de Ouro: os números de Araranguá (SC)

Começa nesta quinta-feira (20) uma das etapas mais representativas do Freio de Ouro 2019. Cabanhas de oito estados do sul, sudeste e centro-oeste, disputam a penúltima classificatória que será realizada no Caverá Country Park, em Araranguá (SC). 58 animais foram inscritos: 31 fêmeas e 27 machos. Entre as éguas, 9 já foram finalistas em outras…

18 de junho de 2019 às 16h43
Começa nesta quinta-feira (20) uma das etapas mais representativas do Freio de Ouro 2019. Cabanhas de oito estados do sul, sudeste e centro-oeste, disputam a penúltima classificatória que será realizada no Caverá Country Park, em Araranguá (SC).
58 animais foram inscritos: 31 fêmeas e 27 machos.
Entre as éguas, 9 já foram finalistas em outras temporadas, 16 estão em seu primeiro ciclo e 10 no segundo. 11 disputaram a Morfologia.
Destaque para a Bocal e Freio de Prata de 2017, Jeitosa do Mano a Mano (na época montada por Daniel Teixeira e que agora retorna com Guto Freire). Também é atração, Jotace Tenteadora (Bocal de Alpaca em 2017 e 4ª em Ponta Grossa no ano passado).

Competidores de oito estados vão disputar a etapa catarinense

Cinco conjuntos tentam pela segunda vez neste ano a vaga na final da Expointer: Esperança do Diamante, Cambona dos Castanheiros e ZR Enseada correram o Bocal de Ouro. Capanegra Tenteadora e Sendero Glória, a Aberta.
Nos machos, são 7 finalistas, 8 disputam a primeira temporada e 10 a segunda. 21 exemplares já fizeram campanha morfológica.
Destaque para Arroyto do Canguçu, que retorna depois de ter vencido a Classificatória de Chapecó em 2017. Campana Reboliço (4 vezes finalista) e Obediente do Galpão Grande (3 vezes finalista) são outros fortes concorrentes.
Entre os garanhões, também são cinco os que já disputaram classificatórias anteriores. Tornado dos Três Pinhais, Justo do Resplendor e Uruguaio do Palmar correram o Bocal de Ouro. Data Venia Fuzileiro e Jotace Xangueiro, a Aberta.
37 ginetes vão montar no litoral catarinense. Campeões do Freio de Ouro são os que mais levam animais: Dudu Quadros, 5; Daniel Teixeira, 4; Guto Freire, Raul Lima, Antonieto Rosa e Brayan Boneberg, 3; Eder Salgueiro, Nei Lima, Daniel Luiz, Fagner Espíndola, 2; e os demais com um cavalo cada.
Por Sandro Fávero

-

Freio de Ouro: os números de Araranguá (SC)

Começa nesta quinta-feira (20) uma das etapas mais representativas do Freio de Ouro 2019. Cabanhas de oito estados do sul, sudeste e centro-oeste, disputam a penúltima classificatória que será realizada no Caverá Country Park, em Araranguá (SC). 58 animais foram inscritos: 31 fêmeas e 27 machos. Entre as éguas, 9 já foram finalistas em outras…

18 de junho de 2019 às 16h43
Começa nesta quinta-feira (20) uma das etapas mais representativas do Freio de Ouro 2019. Cabanhas de oito estados do sul, sudeste e centro-oeste, disputam a penúltima classificatória que será realizada no Caverá Country Park, em Araranguá (SC).
58 animais foram inscritos: 31 fêmeas e 27 machos.
Entre as éguas, 9 já foram finalistas em outras temporadas, 16 estão em seu primeiro ciclo e 10 no segundo. 11 disputaram a Morfologia.
Destaque para a Bocal e Freio de Prata de 2017, Jeitosa do Mano a Mano (na época montada por Daniel Teixeira e que agora retorna com Guto Freire). Também é atração, Jotace Tenteadora (Bocal de Alpaca em 2017 e 4ª em Ponta Grossa no ano passado).

Competidores de oito estados vão disputar a etapa catarinense

Cinco conjuntos tentam pela segunda vez neste ano a vaga na final da Expointer: Esperança do Diamante, Cambona dos Castanheiros e ZR Enseada correram o Bocal de Ouro. Capanegra Tenteadora e Sendero Glória, a Aberta.
Nos machos, são 7 finalistas, 8 disputam a primeira temporada e 10 a segunda. 21 exemplares já fizeram campanha morfológica.
Destaque para Arroyto do Canguçu, que retorna depois de ter vencido a Classificatória de Chapecó em 2017. Campana Reboliço (4 vezes finalista) e Obediente do Galpão Grande (3 vezes finalista) são outros fortes concorrentes.
Entre os garanhões, também são cinco os que já disputaram classificatórias anteriores. Tornado dos Três Pinhais, Justo do Resplendor e Uruguaio do Palmar correram o Bocal de Ouro. Data Venia Fuzileiro e Jotace Xangueiro, a Aberta.
37 ginetes vão montar no litoral catarinense. Campeões do Freio de Ouro são os que mais levam animais: Dudu Quadros, 5; Daniel Teixeira, 4; Guto Freire, Raul Lima, Antonieto Rosa e Brayan Boneberg, 3; Eder Salgueiro, Nei Lima, Daniel Luiz, Fagner Espíndola, 2; e os demais com um cavalo cada.
Por Sandro Fávero