-

A morfologia dos finalistas: duas éguas conquistaram as maiores médias

Na projeção que estamos fazendo da final do Freio de Ouro 2019, vamos relembrar o desempenho dos finalistas que se destacaram em suas avaliações morfológicas. As duas maiores médias do ciclo foram alcançadas por fêmeas na Classificatória Gaúcha. Com 8,400 de cabresto, Erva Santa Cala Bassa teve a melhor avaliação. Criada e montada por seu…

02 de agosto de 2019 às 23h10

Na projeção que estamos fazendo da final do Freio de Ouro 2019, vamos relembrar o desempenho dos finalistas que se destacaram em suas avaliações morfológicas.
As duas maiores médias do ciclo foram alcançadas por fêmeas na Classificatória Gaúcha. Com 8,400 de cabresto, Erva Santa Cala Bassa teve a melhor avaliação. Criada e montada por seu proprietário Marcelo Moglia, a colorada douradilha se classificou para a final na oitava colocação. A égua foi três vezes Reservada Grande Campeã na Expointer. Já a uruguaia Jaguel Olímpica conquistou a segunda maior nota. Os 8,000 pontos de cabresto ajudaram a égua montada por Claudio Fagundes a vencer a seletiva disputada em Esteio (RS). Na Exposição do Prado em 2018, o exemplar da Cabanha Septiembre conquistou as rosetas de Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça.

Já premiada em exposições morfológicas, Erva Santa Cala Bassa teve a melhor média de cabresto de todo ciclo de classificatórias do Freio de Ouro – Foto: Fagner Almeida

Entre os machos a melhor média foi para Fantástico de São Pedro, no Bocal de Ouro. O colorado das Cabanhas GAP São Pedro e La Patria somou 7,967. Apresentado por Fabinho Teixeira da Silveira classificou-se na quinta posição.

Veja abaixo as melhores médias de cabresto e a posição final de cada animal em sua classificatória.

ARGENTINA
Fêmeas: 6,650TINAJERA SALVADORA. Estabelecimento: LA ESCONDIDA. Ginete: IGNACIO FORTUNI. Classificação: 1º lugar
Machos: 6,867VILCUN RUMBEADO. Estabelecimento: AGUAS BUENAS. Ginete: ALEJANDRO MORENO. Classificação: 3º lugar

BOCAL DE OURO
Fêmeas: 7,717CAMPANA VICUÑA. Estabelecimento: CABANHA JLV, Santa Margarida do Sul (RS). Ginete: RAUL LIMA. Classificação: 6º lugar
Machos: 7,967FANTÁSTICO DE SÃO PEDRO. Estabelecimento: CABANHAS GAP SÃO PEDRO e LA PATRIA, Uruguaiana (RS). Ginete: FABINHO TEIXEIRA DA SILVEIRA. Classificação: 5º lugar

URUGUAI
Fêmeas: 6,677PACIFICA TA PRONTA. Estabelecimento: CABANHA LA PACIFICA, Paysandu (URU). Ginete: GABRIEL MARTY. Classificação: 1º lugar
Machos: 7,733PEÑAROL DA BOA VISTA. Estabelecimento: CABANHA BOA VISTA, Vacaria(RS). Ginete: FABINHO TEIXEIRA DA SILVEIRA. Classificação: 1º lugar

ABERTA
Fêmeas: 7,733HONRADA CIMARRON. Estabelecimento: ESTÂNCIA AURORA, Uruguaiana (RS). Ginete: GUTO FREIRE Classificação: 1º lugar
Machos: 7,567CAMPERO DE SÃO PEDRO. Estabelecimento: CABANHA SABIENDAS, Viamão (RS). Ginete: ZECA MACEDO. Classificação: 3º lugar

GAÚCHA
Fêmeas: 8,400ERVA SANTA CALA BASSA. Estabelecimento: CABANHA CALA BASSA, Aceguá (RS) .Ginete: MARCELO REZENDE MÓGLIA. Classificação: 8º lugar
Machos: 7,760LEGADO DA CABANHA SANTA FÉ. Estabelecimento: CABANHA SANTA FÉ, Taquara (RS). Ginete: RAUL LIMA. Classificação: 7º lugar

ARARANGUÁ (SC)
Fêmeas: 7,650BELLE JÓIA RARA. Estabelecimento: FAZENDA PARAÍSO, Balsa Nova (PR). Ginete: DANIEL TEIXEIRA. Classificação: 5º lugar
Machos: 7,483GUITARREIRO FORTACHO. Estabelecimento: CABANHAS WINCK E FORTACHO, Santa Rosa do Sul (SC). Ginete: FAGNER ESPINDOLA. Classificação: 1º lugar

CAMPO GRANDE (MS)
Fêmeas: 7,833ESTAMPA DO PURUNÃ. Estabelecimento: ESTÂNCIA SÃO RAFAEL, Balsa Nova(PR). Ginete: BRUNO TEIXEIRA DA ROSA. Classificação: 6º lugar
Machos: 7,460RESPLENDOR DO LISCANO-TE. Estabelecimento: FAZENDA DO LISCANO, Arroio Grande (RS). Ginete: RICARDINHO WREGE. Classificação: 4º lugar

Por Sandro Fávero

-

A morfologia dos finalistas: duas éguas conquistaram as maiores médias

Na projeção que estamos fazendo da final do Freio de Ouro 2019, vamos relembrar o desempenho dos finalistas que se destacaram em suas avaliações morfológicas. As duas maiores médias do ciclo foram alcançadas por fêmeas na Classificatória Gaúcha. Com 8,400 de cabresto, Erva Santa Cala Bassa teve a melhor avaliação. Criada e montada por seu…

02 de agosto de 2019 às 23h10

Na projeção que estamos fazendo da final do Freio de Ouro 2019, vamos relembrar o desempenho dos finalistas que se destacaram em suas avaliações morfológicas.
As duas maiores médias do ciclo foram alcançadas por fêmeas na Classificatória Gaúcha. Com 8,400 de cabresto, Erva Santa Cala Bassa teve a melhor avaliação. Criada e montada por seu proprietário Marcelo Moglia, a colorada douradilha se classificou para a final na oitava colocação. A égua foi três vezes Reservada Grande Campeã na Expointer. Já a uruguaia Jaguel Olímpica conquistou a segunda maior nota. Os 8,000 pontos de cabresto ajudaram a égua montada por Claudio Fagundes a vencer a seletiva disputada em Esteio (RS). Na Exposição do Prado em 2018, o exemplar da Cabanha Septiembre conquistou as rosetas de Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça.

Já premiada em exposições morfológicas, Erva Santa Cala Bassa teve a melhor média de cabresto de todo ciclo de classificatórias do Freio de Ouro – Foto: Fagner Almeida

Entre os machos a melhor média foi para Fantástico de São Pedro, no Bocal de Ouro. O colorado das Cabanhas GAP São Pedro e La Patria somou 7,967. Apresentado por Fabinho Teixeira da Silveira classificou-se na quinta posição.

Veja abaixo as melhores médias de cabresto e a posição final de cada animal em sua classificatória.

ARGENTINA
Fêmeas: 6,650TINAJERA SALVADORA. Estabelecimento: LA ESCONDIDA. Ginete: IGNACIO FORTUNI. Classificação: 1º lugar
Machos: 6,867VILCUN RUMBEADO. Estabelecimento: AGUAS BUENAS. Ginete: ALEJANDRO MORENO. Classificação: 3º lugar

BOCAL DE OURO
Fêmeas: 7,717CAMPANA VICUÑA. Estabelecimento: CABANHA JLV, Santa Margarida do Sul (RS). Ginete: RAUL LIMA. Classificação: 6º lugar
Machos: 7,967FANTÁSTICO DE SÃO PEDRO. Estabelecimento: CABANHAS GAP SÃO PEDRO e LA PATRIA, Uruguaiana (RS). Ginete: FABINHO TEIXEIRA DA SILVEIRA. Classificação: 5º lugar

URUGUAI
Fêmeas: 6,677PACIFICA TA PRONTA. Estabelecimento: CABANHA LA PACIFICA, Paysandu (URU). Ginete: GABRIEL MARTY. Classificação: 1º lugar
Machos: 7,733PEÑAROL DA BOA VISTA. Estabelecimento: CABANHA BOA VISTA, Vacaria(RS). Ginete: FABINHO TEIXEIRA DA SILVEIRA. Classificação: 1º lugar

ABERTA
Fêmeas: 7,733HONRADA CIMARRON. Estabelecimento: ESTÂNCIA AURORA, Uruguaiana (RS). Ginete: GUTO FREIRE Classificação: 1º lugar
Machos: 7,567CAMPERO DE SÃO PEDRO. Estabelecimento: CABANHA SABIENDAS, Viamão (RS). Ginete: ZECA MACEDO. Classificação: 3º lugar

GAÚCHA
Fêmeas: 8,400ERVA SANTA CALA BASSA. Estabelecimento: CABANHA CALA BASSA, Aceguá (RS) .Ginete: MARCELO REZENDE MÓGLIA. Classificação: 8º lugar
Machos: 7,760LEGADO DA CABANHA SANTA FÉ. Estabelecimento: CABANHA SANTA FÉ, Taquara (RS). Ginete: RAUL LIMA. Classificação: 7º lugar

ARARANGUÁ (SC)
Fêmeas: 7,650BELLE JÓIA RARA. Estabelecimento: FAZENDA PARAÍSO, Balsa Nova (PR). Ginete: DANIEL TEIXEIRA. Classificação: 5º lugar
Machos: 7,483GUITARREIRO FORTACHO. Estabelecimento: CABANHAS WINCK E FORTACHO, Santa Rosa do Sul (SC). Ginete: FAGNER ESPINDOLA. Classificação: 1º lugar

CAMPO GRANDE (MS)
Fêmeas: 7,833ESTAMPA DO PURUNÃ. Estabelecimento: ESTÂNCIA SÃO RAFAEL, Balsa Nova(PR). Ginete: BRUNO TEIXEIRA DA ROSA. Classificação: 6º lugar
Machos: 7,460RESPLENDOR DO LISCANO-TE. Estabelecimento: FAZENDA DO LISCANO, Arroio Grande (RS). Ginete: RICARDINHO WREGE. Classificação: 4º lugar

Por Sandro Fávero