-

O que muda nas classificatórias ao Freio de Ouro 2020

O próximo ciclo de classificatórias ao Freio de Ouro sofrerá algumas alterações. Uma delas é a extinção da Classificatória Aberta de Esteio. Já a Gaúcha deve se dividir em duas: Gaúcha Norte e Gaúcha Sul, e ambas serão no Parque de Exposições Assis Brasil. Outra novidade é que os competidores só podem disputar as classificatórias…

13 de setembro de 2019 às 15h59

O próximo ciclo de classificatórias ao Freio de Ouro sofrerá algumas alterações. Uma delas é a extinção da Classificatória Aberta de Esteio. Já a Gaúcha deve se dividir em duas: Gaúcha Norte e Gaúcha Sul, e ambas serão no Parque de Exposições Assis Brasil.

Outra novidade é que os competidores só podem disputar as classificatórias na região onde foram credenciados. “O mesmo animal pode se credenciar na região de Santa Catarina e Paraná, na região Norte e na região Sul, e ir nas três classificatórias. Mas ele precisa estar credenciado nessas três regiões”, reforça o vice-presidente de Eventos da ABCCC, Mateus Gularte Silveira. Apenas os animais credenciados na região 08 é que estarão habilitados a correr fora, na semifinal de SC/PR.

Todas as classificatórias nacionais, a exemplo do último ciclo, devem selecionar 16 exemplares – oito fêmeas e oito machos. As internacionais (Argentina e Uruguai) seguem classificando oito finalistas – quatro fêmeas e quatro machos. Brasília também volta ao circuito, sediando a etapa da região 08.

Foto: Felipe Ulbrich/Divulgação ABCCC

Foto: Felipe Ulbrich/Divulgação ABCCC

*Por Estela Facchin

-

O que muda nas classificatórias ao Freio de Ouro 2020

O próximo ciclo de classificatórias ao Freio de Ouro sofrerá algumas alterações. Uma delas é a extinção da Classificatória Aberta de Esteio. Já a Gaúcha deve se dividir em duas: Gaúcha Norte e Gaúcha Sul, e ambas serão no Parque de Exposições Assis Brasil. Outra novidade é que os competidores só podem disputar as classificatórias…

13 de setembro de 2019 às 15h59

O próximo ciclo de classificatórias ao Freio de Ouro sofrerá algumas alterações. Uma delas é a extinção da Classificatória Aberta de Esteio. Já a Gaúcha deve se dividir em duas: Gaúcha Norte e Gaúcha Sul, e ambas serão no Parque de Exposições Assis Brasil.

Outra novidade é que os competidores só podem disputar as classificatórias na região onde foram credenciados. “O mesmo animal pode se credenciar na região de Santa Catarina e Paraná, na região Norte e na região Sul, e ir nas três classificatórias. Mas ele precisa estar credenciado nessas três regiões”, reforça o vice-presidente de Eventos da ABCCC, Mateus Gularte Silveira. Apenas os animais credenciados na região 08 é que estarão habilitados a correr fora, na semifinal de SC/PR.

Todas as classificatórias nacionais, a exemplo do último ciclo, devem selecionar 16 exemplares – oito fêmeas e oito machos. As internacionais (Argentina e Uruguai) seguem classificando oito finalistas – quatro fêmeas e quatro machos. Brasília também volta ao circuito, sediando a etapa da região 08.

Foto: Felipe Ulbrich/Divulgação ABCCC

Foto: Felipe Ulbrich/Divulgação ABCCC

*Por Estela Facchin