O sorgo ainda vai dar muito o que falar!

Se você nunca ouviu falar em sorgo, também chamado de milho-zaburro, mapira, massambala, entre outras especificações, não tem problema.

Apesar de ser o quinto cereal mais produzido no mundo, os benefícios e vantagens de seu cultivo ainda são pouco conhecidos pelos produtores rurais brasileiros.

E esta é a primeira e principal missão do blog: trazer notícias, entrevistas, cases de produtores, enfim, municiar o leitor do Canal Rural com informações para desmistificar a ideia de que sorgo não produz, que não há espaço para comercialização, entre tantas outras crenças (erradas) que tenho ouvido por aí e que não fazem mais sentido.

 

Sorgo no mundo

Os Estados Unidos são o principal produtor do cereal no mundo, respondendo por 16,5% da produção mundial. Os últimos dados oficiais encontrados (O blog do sorgo irá atrás de dados mais atualizados logo logo!) são de 2014, divulgados pelo USDA (United States Department of Agriculture, na sigla em inglês) trazem uma produção de 9,88 milhões de toneladas naquele ano.

México está em segundo lugar. Países latino-americanos, como Brasil e Argentina, também são destaques tanto em área quanto em produção. Mas os números podem mascarar uma realidade aqui. O Brasil tem muito a crescer em sorgo. Há novas variedades no mercado, com índices de produtividade excelentes, que vem atraindo o interesse de produtores, especialmente na região Centro-Oeste do Brasil

Show Safra BR-163

E nossa estreia não poderia ser em melhor ambiente. Nesta semana, de 26 a 29 de março, o blog do sorgo estará em Lucas do Rio Verde (MT) acompanhando a Show Safra BR 163. São 250 expositores, em mais de 60 mil metros quadrados, contando as novidades para a segunda safra 2019. E, claro, entre elas, inúmeras novidades sobre a cultura.

Interação

Eu posso ser o autor do Blog do Sorgo, mas o mais bacana é quando todos participam. Por isso, o espaço será também de vocês, leitores, para sugerirem assuntos, enviarem dúvidas e perguntas, vídeos, fotos, enfim, o que vocês quiserem (e que tenha relação com sorgo, claro!)

Estou aqui para buscar respostas e trazer informações, que ajudarão a elevar a cultura do sorgo ao lugar que ela merece!

 

33 respostas para “O sorgo ainda vai dar muito o que falar!”

  1. horacio bomfim disse:

    gostaria de receber uma amostra para fazer uma experiencia em meinha fazenda nordeste da bahia,,

  2. Angelo Scelzo disse:

    Ótima iniciativa

    • felipebasso disse:

      Obrigado, Angelo! Também estamos muito entusiasmados. Quando tiveres sugestões de melhorias, assuntos, enfim, algo que você queira ver no blog, por favor, nos escreva!

  3. José Carlos Campolim disse:

    Olá parceiro, tudo bem?
    temos plantado sorgo em pós soja, aqui na região sul de SP, e ele tem apresentado algumas vantagens se comparado com o milho na mesma época.
    acho que já estava na hora de lançarem material transgênico, pois não há opção para controlar folha estreita.
    mas mesmo assim está aumentando o cultivo na região

    • felipebasso disse:

      Olá José Carlos! Tudo bem conosco! Um de nossos objetivos é produzir reportagens justamente comparando milho x sorgo. Nos acompanhe sugerindo mais assuntos que você tenha curiosidade. E obrigado pela sua participação! Abs

  4. Assunto muito importante para o meio rural. Estou ansioso para participar desse bate papo, adquirir mais informações dessa leguminosa q tem um potencial para ser fornecida aos ruminantes.

  5. Julio César Palomo disse:

    Plantei sorgo este ano estou muito contente já vou fazer o 2 corte

    • felipebasso disse:

      Olá Julio! Obrigado pelo seu comentário! É justamente por isso que este canal existe. O sorgo é uma ótima opção. O que falta é mais informação! Onde você planta? Abs!

  6. Aparecido Soares disse:

    Bom dia, plantei sorgo pra silagem já faz uns 120dias, não deu cacho ou semente, que sorgo e este.

  7. Queria saber sobre a adubação e cobertura q a plantação de sorgo nececita

    • felipebasso disse:

      Olá Paulo! Vamos atrás dessa resposta pra você. Vamos procurar engenheiros agrônomos para conversar conosco. É isso que buscamos, uma conversa com nosso leitor, trazendo suas dúvidas para que possamos levar respostas! Obrigado pela participação! Continue seguindo a gente, que para as próximas semanas já teremos essa resposta! Abs!

  8. João Manoel Vicente disse:

    Bela iniciativa,vários produtores da minha região estão utilizando para ensilagem na pecuária leiteira o sorgo “gigante”.Acho uma ótima oportunidade para divulgar materiais recomendados para esse fim.

    • felipebasso disse:

      Olá João! Muito obrigado pela sua participação. Qual sua região, João Manoel? Gostaríamos de saber para pesquisar assuntos para poder lhe ajudar. Abs!

  9. Waldemore disse:

    Parabéns pela iniciativa.

  10. Recentemente plantei o sorgo “boliviano” ,(ou gigante). Apesar da baixa germinação, sua produtividade é surpreendente. A questão é que com 115 dias a planta ainda não deu cachos. O representante me disse que mesmo sem ” cachos” a planta poderia ser colhida, pois ainda assim teria uma proteína em torno de 8%. Poderia me ajudar com essa dúvida?

    • felipebasso disse:

      Olá Ivair. Tudo bem? Vamos procurar resposta para sua dúvida. Assim que conseguirmos, será publicado aqui no blog. Obrigado pela participação! Grande abraço

  11. Referente ao sorgo Boliviano que cresce ate 6 metros e produz 170 ton de massa por alq. Sabe de algum que de grao tambem com esse volume.de palha

  12. Vinicius Carlos Gomes de Souza disse:

    Sou produtor de silagem e um apaixonado por sorgo,e realmente o produtor rural não sabe o que está perdendo, quem planta sorgo uma vez para produção de silagem nunca mais põem uma semente de milho na terra

    • felipebasso disse:

      Olá Vinicius! É verdade, concordamos contigo! O produtor precisa de mais informação, porque pode estar perdendo ótimas oportunidades. Obrigado pela participação. Abraço.

  13. Fernando disse:

    Olá amigo. Boa noite. Grato por trazer informações sobre essa cultura. No nosso caso, talvez por falta de conhecimento mesmo, temos dois principais desafios. Estou no médio norte do MT, áreas arenosas. O custo pra plantio do milho é alto pra fazer safrinha, onde vejo q seria um boa opção o sorgo. Porém tem falta de mercado pra comércio ou acesso no meu caso e nós temos um problema sério de nematóide. De tdo tipo. E salvo engano o sorgo é particularmente intensificador de nematóide. Abraço.

    • felipebasso disse:

      Olá Fernando. Sim. A comercialização é um problema. E já temos no nosso planejamento a produção de matéria sobre este assunto. Continue seguindo nosso blog, que suas dúvidas podem começar a serem resolvidas. Abraço!

  14. Marcos Paulo disse:

    Bom dia
    Gostaria de tirar algumas duvidas sobre cultura do sorgo, mais especificamente pôs colheita! Muito se fala que sorgo cultura que retira muito nutrientes da terra, minha duvida seria, se posso colher seguida posso plantar feijão.

    • felipebasso disse:

      Olá Marcos Paulo. Obrigado pela participação. Vamos colocar na nossa lista de dúvidas de leitores a serem respondidas. Continue seguindo nosso blog que traremos sua resposta! Abraços

  15. Gilto d'Alcantara Sousa disse:

    Parabéns pela iniciativa. Recentemente resolvi plantar sorgo para fazer silo e tive muita dificuldade para encontrar informações a respeito da cultura.

    • felipebasso disse:

      Olá Gilto! Obrigado pelo comentário! Justamente! É pouquíssima informação sobre o assunto. E daí o nosso entusiasmo na criação deste blog. Informação é o que pretendemos que não falte mais para vocês! Abraço

  16. Tiago Malachias Marques disse:

    1 – Como vc vê o plantio de sorgo para o oeste baiano, principalmente em regiões de maior risco hidrico?

    2 – Quais seriam as empresas com variedades de sorgo disponível para o Oeste Baiano, pensando em sorgo para silagem?

    • felipebasso disse:

      Olá Tiago. Obrigado pelas suas perguntas. Vamos procurar quais são as empresas no oeste baiano que trabalham com o cereal e traremos a resposta pra você. Abraço!

  17. Rodrigo disse:

    Showw.. tenho uma empresa de marketing digital em londrina e esse tipo de conteudo só vem a agregar… forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *