Para suinocultores de MT, entrada da carne suína dos EUA no Brasil agravaria a crise do setor

“Um tiro no pé”. É assim que a Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) classifica a possibilidade da abertura das portas do Brasil para a carne suína produzida nos Estados Unidos. O assunto está na lista de acordos firmados durante o encontro entre os presidentes Donald Trump e Jair Bolsonaro, que se comprometeu a colocar em “avaliação” o pedido norte-americano.

Para Itamar Canossa, presidente da Acrismat, “pensar” em importar carne suína é algo que vai completamente contra a realidade do setor. O Brasil produz mais carne suína do que consome, precisando exportar cerca de 20% do que “sai das granjas” para que não sobre carne no mercado interno. Na avaliação dele, uma eventual entrada do produto dos Estados Unidos agravaria a crise enfrentada pelo setor, que – ainda hoje – tenta se recuperar das perdas financeiras acumuladas nos últimos anos, ocasionadas – principalmente – pela queda das exportações. Mato Grosso é o quinto maior produtor de carne suína do país, com um plantel de aproximadamente 178 mil matrizes e um rebanho que gira em torno de 2,5 milhões de animais.

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, também segue a mesma linha de raciocínio. Ele destaca que o Brasil é auto suficiente na produção de carne suína, o que torna o produto muito acessível para os nossos consumidores. Além disso, reforça que o país é um “player mundial” no segmento e precisa exportar e não importar carne suína. Lopes diz ainda que todo processo de abertura de mercado é lenta e que a ABCS está trabalhando junto ao Ministério da Agricultura para entender o que realmente foi acertado entre Trump e Bolsonaro. O presidente da ABCS relembrou ainda que “todo acordo bilateral é uma via de duas mãos”.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) também se posicionou sobre o assunto. Em nota, a entidade informou que “o setor de suínos do Brasil se manifestou em concordância com a abertura, ao mesmo tempo em que espera reciprocidade de tratamento com a autorização de todos os estados brasileiros para exportar carne suína para os EUA.”

12 respostas para “Para suinocultores de MT, entrada da carne suína dos EUA no Brasil agravaria a crise do setor”

  1. Geraldo Azevedo disse:

    É só fazerem “arminha” com as mãos e está tudo certo. Talkey ???

  2. Gustavo Lima disse:

    Faz arminha que melhora

  3. jair arrependido disse:

    apoiaram esse presidente acéfalo, agora vão ter que aguentar 4 anos de prejuízo mesmo.
    ps: faz arminha com a mão que passa

  4. André disse:

    É só fazer arminha…

  5. José Carlos disse:

    Apoiaram esse palhaço para presidente, agora tratem de apreciar o espetáculo. Irão amargar um prejuízo estratosférico!

  6. Helton Pereira Bastos disse:

    Primeiro os produtores de leite, agora os de suínos… E aí, valeu a pena votar com ódio no coração ou valeria a pena votar com o cérebro?
    FAZ ARMINHA QUE RESOLVE.

  7. Ester Janczeski disse:

    Realmente, o Brasil está descendo a ladeira vertiginosamente.
    Estamos à beira do precipício e os acordos unilaterais do Bolsonaro é um passo à frente.
    Pobre Brasil !!!!

  8. Guilherme Salomão disse:

    Quer dizer que o brasileiro não pode ter a opção de comprar carne suína mais barata??

  9. Armindo Correia disse:

    Poxa não sabiam, que esse suíno só se dá bem com os suínos EUA. Não venham dizer, que não ouviram ele se fartar de falar que tinha que fazer amizade e acordos com os seus grandes amigos e fazer continência à bandeira deles e outras coisas mais, como emprestadar a base militar de Alcântara. Puxem um pouco a fita atrás, para ver e ouvir o que esse suíno disse, não vai fazer mais de 4 meses atrás. Tanta coisa que ele falou e ninguém ouviu, por causa do grande ódio ao PT. Por acaso, até tenho imensa pena de toda a vossa ingenuidade. Têm uma hipótese, que é de se juntarem a todo o povo trabalhador Brasileiro e lutarem pela saída dele, o mais depressa que for possível. Afinal todo o povo Brasileiro consome a carne que vocês produzem, não é assim. Era uma questão de justiça, porque quem produz os porcos suínos, não vai comer essa carne toda, que vocês falam que produzem (eu acredito). Isto se entretanto, não o tirarem a eles e colocar lá os militares, que tantas saudades deixaram, de quando lá estiveram (Os famosos Ustras do Brasil), boa rapaziada como muitos apoiantes de Direita acham. Às vezes, o pior é morrer com o seu próprio veneno. O povo já está sendo fodido, desde perto de 2013, agora vão os outros, os que envenenaram tudo. Batam panelas agora, pode ser que resolva. Tanta ingenuidade perdida. Meu Deus, quem vai ajudar o Brasil, com tanta gente ruim a puxar a carroça para trás ??????

  10. Luiz Antônio Fernandes disse:

    Subir pro nardeste lá o povo não desisti vocês do sul são bonzao kkk

  11. Samuel Heemann disse:

    Parafraseando os amigos que postaram;
    “Faz sinal da arminha que passa” kkkkkkkkk

  12. Rafael disse:

    O que pensaram ao elegerem esse energúmeno? Vcs ouviram seus discursos ou prestaram atenção apenas na parte da mamadeira de piroca? Quem bateu continência para a bandeira dos EUA na campanha? Votaram com ódio e agora falam em tiro no pé?
    Faz arminha com a mão que passa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *