-

Irrigação na lavoura é maior produtividade

Conheça os sistemas e métodos desse elemento tão importante para o crescimento e desenvolvimento das plantas

09 de setembro de 2019 às 10h00

Olá, amigo produtor!

Além de importante para a vida de todos nós, a água é responsável por um melhor crescimento e desenvolvimento das plantas. Utilizar um sistema de irrigação nas plantas, em conjunto com as boas práticas agronômicas, aumenta a produtividade da lavoura.

Os objetivos da irrigação são:

  • Aumentar a produtividade;
  • Reduzir perdas na produção;
  • Minimizar os riscos climáticos e meteorológicos (seca e estiagem);
  • Auxiliar na aplicação de insumos.

Alinhando a tecnologia a uma boa escolha do tipo de irrigação, e levando em consideração os tipos de solo, o clima, a cultura, a topografia e as condições de cada produtor, a irrigação não causa danos ao meio ambiente e ainda pode reduzir os custos de produção.

Além desses benefícios, a utilização correta da irrigação também pode proporcionar:

  • Aumento da oferta e regularidade de disponibilização de alimentos e outros produtos agrícolas;
  • Melhora da qualidade e padronização dos produtos agrícolas;
  • Exploração agrícola em áreas localizadas em regiões de clima árido ou semiárido;
  • Aumento da diversidade de culturas;
  • Modernização dos sistemas de produção e estímulo a novas tecnologias.

Métodos de irrigação

Mas sua eficiência depende muito do método de irrigação utilizado. Atualmente, existem quatro métodos de irrigação: aspersão, superfície, localizada e subirrigação. Dentro de cada um deles, pode haver dois ou mais sistemas de irrigação.

Hoje, vamos falar aqui sobre os quatro métodos, mas no site do BOAS, também é possível encontrar toda a informação sobre os diferentes sistemas de cada um deles.

 

Método: a maneira de agir ou fazer as coisas; modo de proceder.

Sistema: como os elementos estão organizados entre si, como eles funcionam.

 

Irrigação por aspersão

É o método mais conhecido. Ele é realizado de forma a “imitar” a chuva, com jatos d’água lançados no ar que caem sobre o solo e plantas em forma de gota.

A irrigação por aspersão é recomendada para solos com alta permeabilidade e de baixa disponibilidade de água.

Irrigação por superfície

É o método com maior utilização no Brasil e no mundo. Ele depende da topografia do terreno e consiste na distribuição da água na superfície do solo, por gravidade, em sulcos.

A irrigação por superfície é recomendada para solos excessivamente permeáveis, uma vez que requer medidas efetivas de controle da erosão.

Irrigação localizada

Nele, a água é aplicada diretamente no “pé” da planta, formando uma faixa úmida próxima às raízes.

As características físicas e a estrutura do solo vão definir quantos e quais emissores serão necessários para a aplicação uniforme em cada planta. A irrigação localizada é ideal para solos densos, que têm baixa capacidade de infiltração.

Subirrigação

Esse método pode estar associado à drenagem do solo. Nele, a água é aplicada abaixo da superfície do solo, diretamente nas raízes das plantas.

E você, amigo produtor, tem irrigação na sua fazenda? Qual sua experiência com os sistemas, quais os benefícios foram alcançados? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência.

Até logo!.

Deixe um Comentário





-

Irrigação na lavoura é maior produtividade

Conheça os sistemas e métodos desse elemento tão importante para o crescimento e desenvolvimento das plantas

09 de setembro de 2019 às 10h00

Olá, amigo produtor!

Além de importante para a vida de todos nós, a água é responsável por um melhor crescimento e desenvolvimento das plantas. Utilizar um sistema de irrigação nas plantas, em conjunto com as boas práticas agronômicas, aumenta a produtividade da lavoura.

Os objetivos da irrigação são:

  • Aumentar a produtividade;
  • Reduzir perdas na produção;
  • Minimizar os riscos climáticos e meteorológicos (seca e estiagem);
  • Auxiliar na aplicação de insumos.

Alinhando a tecnologia a uma boa escolha do tipo de irrigação, e levando em consideração os tipos de solo, o clima, a cultura, a topografia e as condições de cada produtor, a irrigação não causa danos ao meio ambiente e ainda pode reduzir os custos de produção.

Além desses benefícios, a utilização correta da irrigação também pode proporcionar:

  • Aumento da oferta e regularidade de disponibilização de alimentos e outros produtos agrícolas;
  • Melhora da qualidade e padronização dos produtos agrícolas;
  • Exploração agrícola em áreas localizadas em regiões de clima árido ou semiárido;
  • Aumento da diversidade de culturas;
  • Modernização dos sistemas de produção e estímulo a novas tecnologias.

Métodos de irrigação

Mas sua eficiência depende muito do método de irrigação utilizado. Atualmente, existem quatro métodos de irrigação: aspersão, superfície, localizada e subirrigação. Dentro de cada um deles, pode haver dois ou mais sistemas de irrigação.

Hoje, vamos falar aqui sobre os quatro métodos, mas no site do BOAS, também é possível encontrar toda a informação sobre os diferentes sistemas de cada um deles.

 

Método: a maneira de agir ou fazer as coisas; modo de proceder.

Sistema: como os elementos estão organizados entre si, como eles funcionam.

 

Irrigação por aspersão

É o método mais conhecido. Ele é realizado de forma a “imitar” a chuva, com jatos d’água lançados no ar que caem sobre o solo e plantas em forma de gota.

A irrigação por aspersão é recomendada para solos com alta permeabilidade e de baixa disponibilidade de água.

Irrigação por superfície

É o método com maior utilização no Brasil e no mundo. Ele depende da topografia do terreno e consiste na distribuição da água na superfície do solo, por gravidade, em sulcos.

A irrigação por superfície é recomendada para solos excessivamente permeáveis, uma vez que requer medidas efetivas de controle da erosão.

Irrigação localizada

Nele, a água é aplicada diretamente no “pé” da planta, formando uma faixa úmida próxima às raízes.

As características físicas e a estrutura do solo vão definir quantos e quais emissores serão necessários para a aplicação uniforme em cada planta. A irrigação localizada é ideal para solos densos, que têm baixa capacidade de infiltração.

Subirrigação

Esse método pode estar associado à drenagem do solo. Nele, a água é aplicada abaixo da superfície do solo, diretamente nas raízes das plantas.

E você, amigo produtor, tem irrigação na sua fazenda? Qual sua experiência com os sistemas, quais os benefícios foram alcançados? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência.

Até logo!.

Deixe um Comentário