-

O 1º brasileiro campeão Pan-americano de hipismo individual é Nordestino

Olá Brasil… Hoje vamos falar de um esporte mundialmente conhecido, praticado aqui no Nordeste também, claro, e que muito orgulhou nosso povo brasileiro recentemente, o hipismo. O Brasil conquistou, dia 09 de agosto, o histórico primeiro ouro individual na modalidade Salto nos Jogos Pan-americanos. E foi um nordestino que chegou lá! O atleta Marlon Zanotelli,…

20 de agosto de 2019 às 16h08
A trajetória do campeão

Marlon é nordestino, nasceu no Maranhão, mas reside há 11 anos na Europa.  E traz nas veias a paixão por cavalos. A tradição começou com o avô, militar que montava na cavalaria do Rio Grande do Sul, e teve continuidade com o pai, que aprendeu a montar no Regimento, foi cavaleiro de Concurso Completo,  e depois instrutor e dirigente de uma escola de equitação em São Luiz MA. Ainda com cinco anos, nessa época, Marlon começou a montar. A familia morou no Rio de Janeiro RJ e depois em Fortaleza CE.

Os pais investiram na carreira do filho. E aos 20 anos, o cavaleiro foi estagiar na Bélgica com o cavaleiro olímpico Ludo Philippaerts. Nos dois anos em que ficou no centro de treinamento do cavaleiro olímpico começou a aprender como funciona o hipismo na Europa, acompanhou o dia a dia de seus ídolos no esporte como Rodrigo Pessoa, Doda Miranda e Pedro Veniss. E pouco tempo depois realizou o sonho de correr de igual pra igual com eles.

Marlon se tornou ainda mais experiente quando foi trabalhar no Ashford Farm, centro de treinamento do empresário irlandês Enda Caroll, na Bélgica. Trabalhava e competia no circuito europeu nos mais importantes concursos internacionais. Em 2015, ele se casou com Angelica Augustsson, amazona sueca de ponta. Hoje, os dois têm um centro de treinamento próprio, o Augustsson Zanotelli, em Bree, Bélgica.

Equipe brasileira rumo às Olimpíadas

 *Com informações e fotos da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) 

-

O 1º brasileiro campeão Pan-americano de hipismo individual é Nordestino

Olá Brasil… Hoje vamos falar de um esporte mundialmente conhecido, praticado aqui no Nordeste também, claro, e que muito orgulhou nosso povo brasileiro recentemente, o hipismo. O Brasil conquistou, dia 09 de agosto, o histórico primeiro ouro individual na modalidade Salto nos Jogos Pan-americanos. E foi um nordestino que chegou lá! O atleta Marlon Zanotelli,…

20 de agosto de 2019 às 16h08
A trajetória do campeão

Marlon é nordestino, nasceu no Maranhão, mas reside há 11 anos na Europa.  E traz nas veias a paixão por cavalos. A tradição começou com o avô, militar que montava na cavalaria do Rio Grande do Sul, e teve continuidade com o pai, que aprendeu a montar no Regimento, foi cavaleiro de Concurso Completo,  e depois instrutor e dirigente de uma escola de equitação em São Luiz MA. Ainda com cinco anos, nessa época, Marlon começou a montar. A familia morou no Rio de Janeiro RJ e depois em Fortaleza CE.

Os pais investiram na carreira do filho. E aos 20 anos, o cavaleiro foi estagiar na Bélgica com o cavaleiro olímpico Ludo Philippaerts. Nos dois anos em que ficou no centro de treinamento do cavaleiro olímpico começou a aprender como funciona o hipismo na Europa, acompanhou o dia a dia de seus ídolos no esporte como Rodrigo Pessoa, Doda Miranda e Pedro Veniss. E pouco tempo depois realizou o sonho de correr de igual pra igual com eles.

Marlon se tornou ainda mais experiente quando foi trabalhar no Ashford Farm, centro de treinamento do empresário irlandês Enda Caroll, na Bélgica. Trabalhava e competia no circuito europeu nos mais importantes concursos internacionais. Em 2015, ele se casou com Angelica Augustsson, amazona sueca de ponta. Hoje, os dois têm um centro de treinamento próprio, o Augustsson Zanotelli, em Bree, Bélgica.

Equipe brasileira rumo às Olimpíadas

 *Com informações e fotos da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH)