Pecuária brasileira ajuda a retirar carbono da atmosfera

Conversei com o Chefe-Geral da Embrapa Monitoramento por Satélite, Evaristo Eduardo de Miranda, que ministrou excepcional palestra no segundo dia do 10º Simpósio da Asbram, em Campinas. Durante a mesma, ele fez uma pergunta ao público presente: Quanto as pastagens retiram de carbono da atmosfera por ano? A resposta: os Cerrados, o Pantanal, a Caatinga e, principalmente, as pastagens plantadas para a pecuária retiram todo ano enormes quantidades de carbono da atmosfera ao se desenvolverem na Primavera. Segundo ele, falar de emissões de gases de bovinos sem levar em consideração o sequestro realizado pelos pastos “é uma meia-verdade”.

Para Miranda, não há, no Brasil, nenhuma categoria profissional – minerador, médico, professor, industrial, militar, promotor, economista ou funcionário – que preserve tanto o meio ambiente como os agricultores.

Assista a essa conversa reveladora.

Uma resposta para “Pecuária brasileira ajuda a retirar carbono da atmosfera”

  1. Fernando Neto disse:

    Parabéns Carlão. O Brasil precisa saber a verdade com números, e aí, tem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *