Veja como cidade mineira lida com a presença de duas barragens de rejeitos

Depois da tragédia envolvendo a barragem de rejeitos localizadas em Brumadinho, na Grande Belo Horizonte, a segurança das barragens da mineradora Kinross em Paracatu, no noroeste de Minas Gerais, voltaram a ser tema de discussão e preocupação por parte da população.

A cidade abriga a maior mina a céu aberto do país e representantes da Câmara e prefeitura estiveram nesta semana da mineradora para saber sobre a política de prevenção de acidentes.

O Paracatu Rural conversou com Leonardo Padula, representante da empresa, que falou sobre o monitoramento das barragens.

Em 2018, visitamos uma propriedade na comunidade Santa Rita onde vimos um dos trabalhos realizados entre a mineradora e a comunidade, chamado viveiro de mudas. Neste projeto, a comunidade ajuda no processo de reabilitação ambiental na área da mineradora. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *