Canal Rural abre a agenda de leilões da ExpoZebu

Está aberta 85ª edição da ExpoZebu, a maior feira de zebuínos no mundo que, em 2019, comemora os 100 anos da Associação Brasileira dos Criadores de Zebuínos (ABCZ). E o Canal Rural estará por dentro de todo o evento. Serão 14 leilões até o fim da feira, com cobertura na TV e na internet, por meio do Lance Rural.

Ontem, dia 27, o Leilão Nova Era VRJO deu o ponta pé inicial para esta temporada de remates em Uberaba (MG). A VRJO movimentou na 24ª edição quase R$ 600 mil.

José Olavo Borges Mendes, proprietário da VRJO, e a repórter Paula Sant’Ana

José Olavo Borges Mendes Júnior e Paula Sant’Ana falam sobre as expectativas do remate

As fêmeas ofertadas tiveram uma média de R$ 19.200, enquanto os machos alcançaram uma média de R$ 20.600.

Leilão VRJO ofertou fêmeas e jovens doadoras

A bateria de touros do leilão VRJO, da safra 2017, aptos ao PNAT

Já o lote mais valorizado do pregão foi o Thor da VRJO, vendido em cota de 50%, no valor de R$ 98.400. O comprador do animal foi José Dante Baboni Júnior, do Condomínio Rio.

Thor da VRJO

Para mais informações sobre os remates da ExpoZebu 2019, não deixe de acompanhar o Lance Rural e o Canal Rural.


Leilão de produção em Mato Grosso registra crescimento recorde

Pregão aconteceu no último sábado, dia 6, em Barra do Garças, no Vale do Araguaia matogrossense.

Convidados do Leilão

O remate da Nelore JA, do pecuarista João Andrade, e seus convidados, teve outra marca especial, além da comemoração de sua 15ª edição consecutiva. Com um crescimento que registrou quase 60% em relação ao ano anterior, o promotor comemorou o resultado e projetou a realização de mais um leilão junto ao remate da produção do criatório a partir do próximo ano.

O tatersal do Parque de Exposições Eliziário José de Farias ficou cheio com mais de 2,091 mil animais em pista, totalizando 86 lotes. A oferta ainda contou com 29 lotes de animais filmados, com mais 2,225 mil fêmeas e machos para cria, recria e engorda.

O grande destaque foi para o lote com 545 vacas paridas da raça Nelore e aneloradas com média de 435 kg. O comprador foi o criador José Francisco Euzébio por R$ 1.155.400,00, sendo R$ 2,120 mil por cabeça.

No final, o resultado dos animais no recinto foi de R$ 3.675.924,00, com média de R$ 1.991,46 entre as fêmeas e R$ 1.698,24 para os machos, sendo o maior comprador a Barra Agropecuária, de Barra do Garças, com quase R$ 1 milhão em aquisições.

Já no gado filmado, os negócios registraram R$ 4.047.135,00, com médias de R$ 1.823,24 para as fêmeas e R$ 1.765,80 entre os machos, sendo a maior vendedora, a convidada Cláudia Tosta Junqueira, da Nelore CTJ, com quase R$ 1,5 milhão em vendas.

O números finais no martelo conduzido pelo leiloeiro Paulo Brasil foram de R$ 7.723.059,00 para os 4.346 animais, com média de R$ 1.777,04. O remate foi organizado pela Programa Leilões com transmissão do Canal Rural para todo Brasil.

O sucesso desta edição fez o criador João Andrade, assessorado pela VAP Assessoria Pecuária, de Vandinho Passariol, projetar a realização de um leilão de touros puros de origem para o próximo ano, no dia anterior ao remate de produção.

Por Paulo D’Agustini | Canal Rural


O futuro do mangalarga marchador na passarela do Haras RF1

Leilão ofertou animais promissores para as pistas de exposições

Abertura do Leilão Haras RF1 2019 (Foto: Toada Filmes)

Direto de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, o pregão disponibilizou coberturas de garanhões, embriões, potros e potras, todos com expressão genética da raça mangalarga marchador. Felipe Abreu é o selecionador do sufixo RF1 e tem feito um trabalho de aprimoramento de marcha, resultando em animais com potencial para se tornarem grandes campeões nas pistas de exposições por todo o Brasil, por isso mesmo, o slogan do criatório é “O futuro está aqui”. Para Felipe, a edição de 2019 superou todas as expectativas, porque apesar da crise do mercado, o pregão bateu recorde de receita arrecadada, se comparado ao evento de 2018. ”Ultrapassamos as vendas do ano passado, batemos a nossa meta e tivemos recordes, tanto em liquidez, como em valores de vendas. Definitivamente, o leilão foi um sucesso total”, comentou o criador.

Convidados do Leilão  (Foto: Toada Filmes)

Um dos fatores que contribuíram para esse recorde de vendas, foi a excelente comercialização de coberturas de Futuro Formoso 2S, principal garanhão do Haras RF1. “Mais uma vez nosso garanhão mostrou sua força e que veio pra ficar. Hoje ele já é uma realidade como reprodutor e está sendo muito requisitado na raça, porque traz potência, diagrama, energia de movimento e transmite o padrão racial”, finalizou Felipe.

Garanhão Futuro Formoso 2S (Foto: Divulgação Haras RF1)

Outro destaque do remate foi a venda de 50% do lote 17, Bruta F1, uma fêmea de muita genética, filha de Futuro Formoso e Querida do Jurerê, que foi arrematada por R$ 200 mil, de forma que o valor de mercado da égua, em 100%, é avaliado em R$ 400 mil, mostrando o potencial dos produtos do garanhão do RF1.

50% de Bruta F1 – valor R$ 200 mil (Foto: Toada Filmes)