Leilão de produção em Mato Grosso registra crescimento recorde

Pregão aconteceu no último sábado, dia 6, em Barra do Garças, no Vale do Araguaia matogrossense.

Convidados do Leilão

O remate da Nelore JA, do pecuarista João Andrade, e seus convidados, teve outra marca especial, além da comemoração de sua 15ª edição consecutiva. Com um crescimento que registrou quase 60% em relação ao ano anterior, o promotor comemorou o resultado e projetou a realização de mais um leilão junto ao remate da produção do criatório a partir do próximo ano.

O tatersal do Parque de Exposições Eliziário José de Farias ficou cheio com mais de 2,091 mil animais em pista, totalizando 86 lotes. A oferta ainda contou com 29 lotes de animais filmados, com mais 2,225 mil fêmeas e machos para cria, recria e engorda.

O grande destaque foi para o lote com 545 vacas paridas da raça Nelore e aneloradas com média de 435 kg. O comprador foi o criador José Francisco Euzébio por R$ 1.155.400,00, sendo R$ 2,120 mil por cabeça.

No final, o resultado dos animais no recinto foi de R$ 3.675.924,00, com média de R$ 1.991,46 entre as fêmeas e R$ 1.698,24 para os machos, sendo o maior comprador a Barra Agropecuária, de Barra do Garças, com quase R$ 1 milhão em aquisições.

Já no gado filmado, os negócios registraram R$ 4.047.135,00, com médias de R$ 1.823,24 para as fêmeas e R$ 1.765,80 entre os machos, sendo a maior vendedora, a convidada Cláudia Tosta Junqueira, da Nelore CTJ, com quase R$ 1,5 milhão em vendas.

O números finais no martelo conduzido pelo leiloeiro Paulo Brasil foram de R$ 7.723.059,00 para os 4.346 animais, com média de R$ 1.777,04. O remate foi organizado pela Programa Leilões com transmissão do Canal Rural para todo Brasil.

O sucesso desta edição fez o criador João Andrade, assessorado pela VAP Assessoria Pecuária, de Vandinho Passariol, projetar a realização de um leilão de touros puros de origem para o próximo ano, no dia anterior ao remate de produção.

Por Paulo D’Agustini | Canal Rural